Sites Grátis no Comunidades.net
Translate to English Translate to Spanish Translate to French Translate to German Translate to Italian Translate to Russian Translate to Chinese Translate to Japanese

Rating: 3.1/5 (76 votos)




ONLINE
1





Partilhe este Site...



 



Total de visitas: 26964
TUDO SOBRE CABELOS
TUDO SOBRE CABELOS

 

VAMOS FALAR HOJE SOBRE ÓLEOS.

Os tratamentos com base em óleos essenciais são o must da vez. Porém para aplicá-los existem alguns segredinhos, e o principal é entender o benefício de cada um.

As maneiras de usá-los são muitas: misturado a uma máscara de tratamento ou ao condicionador, aplicá-lo como leave-in, junto com a tintura do cabelo para proteger o couro cabeludo na hora da química, etc. Na hora de aplicar, dependendo do cabelo é necessário manter o óleo longe da raiz, o uso excessivo perto do couro cabeludo pode agravar um caso de dermatite seborreica em pessoas já pré-dispostas.

Apesar dos óleos deixarem os cabelos mais maleáveis e com brilho, eles não hidratam profundamente, pois não devolvem a hidratação e a umidade, isso só é possível com tratamentos específicos. Os óleos agem como uma película na fibra, sendo assim mais usados no sentido de manutenção, ou seja, um complemento da hidratação.

CUIDADO! O uso excessivo de óleo traz malefícios, por exemplos, alguns óleos se forem usados em processo térmicos, podem até agredir o fio. Os mais indicados são os óleos cosméticos. Muita atenção também com a freqüência que a cliente lava o cabelo. Os lavados diariamente pedem um tratamento toda semana; os mais grossos, lavados uma vez por semana, podem ter melhores resultados se o óleo for aplicado uma vez por mês.

 

Alguns óleos e suas particularidades:

Óleo de mantricária: é a Margarida de solstício de Verão, camomila selvagem. Funciona como antioxidante eficaz que ajuda na circulação do couro.

Óleo de rosa imperial: Éindicado para cabelos rebeldes e indisciplinados, protege a cor, finaliza com brilho e tem ação termo ativada, possui uma formulação de  silicones e ativos que selam a cutícula dos cabelos, condiciona e controla os fios rebeldes, auxiliando na regeneração capilar.

Óleo de Semente de Uva – Este óleo ajuda os fios a crescerem mais rápido, deixando os fios mais fortes, brilhantes. E por ter uma textura leve, ele não deixa o cabelo com um aspecto pesado. Por esse motivo, poderá ser aplicado em todos os tipos de cabelos.

Óleo de Pracaxi: da região Amazônica, é rico em ácido behênico, promove hidratação, maciez e aumento do brilho.

Óleo de Camélia: É rico em ácidos graxos, ômega, polifenóis e vitamina E, promove a hidratação.

Óleo de Jasmim: nativo da Índia, proporciona hidratação, brilho e maciez.

Óleo de Coco - É um ótimo hidratante e tem alto poder de penetração na cutícula do fio, por isso é indicado para fios ressecados. Uma das funções é controlar o frizz e as pontas duplas, além de deixar os cabelos mais maleáveis e fáceis de pentear. Rico em ácidos graxos e vitamina E, também é uma ótima opção para quem quer fazer uma hidratação profunda. Suas propriedades restauram a estrutura dos fios, proporcionando equilíbrio aos cabelos danificados.

Óleo de Jojoba – Indicado para qualquer tipo de cabelo, ele deixa os cabelos mais brilhantes, livres da caspa e ajuda no combate a queda. Desentope o bulbo capilar, ajudando quem tem couro cabeludo oleoso limpo e liberando o crescimento natural. O extrato de jojoba é considerado o mais leve entre os óleos no mercado.

Óleo de Urucun - Retirado de uma planta originária da Amazônia, esse óleo protege os cabelos dos raios UV (ultravioleta).

Óleo de Rícino - Este óleo pode ser uma ajuda e tanto para dar força e estimular o crescimento dos cabelos. Há quem use o óleo de mamona com a mesma finalidade nos cílios e sobrancelhas.

Óleo de Mamona – Utilizado também em cílios e sobrancelhas, ajuda  a estimular o crescimento e fortalece.

Óleo de Tratamento Obliphica: um arbusto rico em flavonóides, nutriente que fortalece o fio e evita a quebra.

 

Olho de tiare /Óleo de Monoi: o óleo é original do Tahiti. Possui propriedades muito hidratantes e pode ser utilizado também para a pele, além dos cabelos. Tem um fator de proteção solar bem alto. É um óleo que hidrata os cabelos enquanto limpa,  tem textura de água o que favorece uma penetração profunda nos fios, protegendo e tratando de dentro para fora. Mais leve que o Argan, suas partículas dão uma textura parecida com a água. Suas propriedades se misturam com o óleo natural dos cabelos, limpa o couro e evita a caspa.

 

Um óleo bem comentado, parecido com o Monoi é o lendário óleo de Ojon, ele é rico em lipídeos. O Ojon é extraído da castanha de palmeiras silvestres típicas das florestas tropicais da América Central e do Sul; além do óleo que é extraído, a casca da planta que origina o óleo também é aproveitada, sendo usado para fazer um tipo de mingau.

“Este óleo é utilizado há séculos por nativos de Honduras, na América Central, que tem em seu cultivo toda a base de sustento de comunidades inteiras e tribos. Esses nativos o chamam de líquido precioso ou o ‘Milagre do Caribe’, já que além de ser sua principal fonte de renda, promove verdadeiros milagres em favor da beleza dos cabelos e também da pele.”

As suas propriedades são semelhantes as que já existem nos cabelos, isso o torna um excelente restaurador da vitalidade. Ele tem um composto de filtro solar e termoproteção que pode ser misturado com químicas, sem problemas, porém ele não é recomendado para utilização antes da coloração ou tratamento químico. A alta capacidade de lubrificação devolve a naturalidade dos fios. O óleo puro funciona como um protetor térmico e deve ser aplicado com os fios ainda molhados antes do secador, chapinha ou babyliss. O óleo de Ojon é indicado principalmente para quem tem cabelos ressecados e danificados, em questão de uso de químicas, como: alisamento e tinturas. E para aqueles que fazem escovas e pranchas diariamente.

 

Dicas para a aplicação dos óleos:

Óleos que deixam o cabelo mais pesado: Manteiga de Karité e óleo de Rícino;

Óleos que deixam o cabelo mais leve: óleo de girassol, abacate e óleo de amêndoas, semente de uva e coco são mais.

A maioria das pessoas acredita que os óleos devem ser aplicados apenas nas pontas. Mas, eles ajudam a regular a produção de sebo no couro cabeludo. Dica: Quem tem cabelo fino o ponto certo é a raiz, nos cabelos médios ou grossos aplicação do comprimento para as pontas, se os cabelos são muito grossos, aplique do couro cabeludo até as pontas.

Temperatura? O contato do óleo com a pele ajuda a reconquistar o seu equilíbrio. O calor faz com que os nutrientes penetrem mais fundo.

Riscos: O risco da aplicação de óleo é que, muitas vezes, ele vai se acumulando no couro cabeludo e pode pesar nos cabelos. Outro cuidado que deve se tomar é se sua cliente estiver grávida, evite o uso de alguns óleos, pois os óleos derivados de nozes, amendoim e pinhão, entre outros, podem ser perigosos para mulheres grávidas, pois estragam rapidamente.

 

Agora Vamos falar hoje sobre Óleo de Rícino 
A primeira coisa importante ao se saber sobre o óleo de Rícino é que óleo de Rícino e óleo de Mamona são a mesma coisa... Também é importante vocês saberem que o óleo de Rícino é muito utilizado como laxante, portanto não estranhem o nome das marcas, o importante é apenas ele ser puro.
 
Óleo de rícino trata cabelos e pele

Foto: Reprodução

Desde o Egito Antigo, a mamona é utilizada na medicina por seus poderes anti-oxidantes e anti-inflamatórios, mas agora é outra parte que ganha destaque. Extraído das sementes da mamona, que é uma planta comum no território brasileiro, o óleo de rícino é contido em quase 50% delas e é muito rico em ácido ricinoleico, que diferente das sementinhas não é tóxico, pois a ricina não é solúvel em óleo. O tal óleo tem diversas propriedades benéficas para a saúde do ser humano, apesar de seu gosto desagradável, e faz parte do tratamento de muitas doenças, tanto as mais comuns quanto as mais graves. Ele pode ser encontrado em farmácias ou casas de produtos naturais.

O óleo de rícino pode ajudar nos tratamentos de:

  • Artrite
  • Mal de Parkinson
  • Paralisia cerebral
  • Esclerose múltipla
  • Reumatismos
  • Constipação intestinal
  • Infecção por fungos
  • Acne
  • Inflamações
  • Micoses
  • Verrugas
  • Pele seca
  • Furúnculos
  • Queimaduras de sol
  • Enxaqueca
  • Distúrbios menstruais
  • Problemas gastrointestinais
  • Etc.

Benefícios para a pele

Alguns problemas na pele são causados por fungos e bactérias, dessa forma o óleo de rícino é altamente eficaz no seu tratamentoMicose, úlceras de pele, erupções cutâneas, verrugas, prurido cutâneo, terçol, queda de cabelo, acne, estrias, queimaduras de sol etc. são poucos exemplos de doenças tratáveis com esse óleo. Ele ainda tem um ótimo efeito hidratante e pode ser aplicado na pele seca. As fissuras que as vezes aparecem nos tornozelos e pés podem ser curadas com o óleo, basta massagear os pés após imersão em água quente por um curto período de tempo, lembrando que essa técnica também evita as rachaduras. Rugas que aparecem ao redor dos olhos também vão desaparecendo com o uso dele, que promove a produção de colágeno e elastina, contribuindo para uma pele mais lisa e macia.

 

Cuidando do cabelo com o óleo de rícino

Em certos casos de infecções no couro cabeludo, o óleo extraído das sementes da mamona é ótimo para tratamento. Ele pode ser aplicado sobre o couro cabeludo seco e escamoso, casos de caspa e ainda piolho. Também fortalece as raízes, promove o crescimento capilar e pode ser utilizado como condicionador, basta misturar com óleo de amêndoas e massagear no couro cabeludo, deixando agir por uma hora e depois lavando com xampu.

Cuidado!

O óleo de rícino não é aconselhado às gestantes, lactantes, pessoas com doenças intestinais graves ou com qualquer condição interna suspeita. Crianças menores de 12 anos não devem fazer uso desse óleo também. Quanto à dosagem, é sempre bom ter cuidado redobrado, pois o excesso pode causar cólica, diarreia  náuseas e vômito. A dose diária recomendada é de meia a uma colher de chá. Caso se interesse em fazer uso desse medicamento natural, procure um médico para que ele analise o seu caso e prescreva o tratamento indicado.

#DicaPara quem quer fazer o cabelo crescer, controlar a oleosidade, diminuir a queda, diminuir a caspa e ainda preencher falhas no cabelo, sobrancelhas e cílios, este óleo é essencial ter em casa e usar pelo menos 3 vezes na semana
O óleo de Rícino é excelente para o crescimento do cabelo,
Ele é um dos pouquíssimos óleos que não fazem "mal" passar na raíz, ou seja, ele não vai deixar o seu cabelo mais oleoso do que já é, muito pelo contrário, ele irá controlar a oleosidade.
Para retirar o óleo dos cabelos lave o cabelo com shampoo pelo menos duas vezes, ainda assim, pode ser que reste uma quantidade mínima de óleo, se for pouco, não tem problema deixar no cabelo, mas no dia seguinte lave novamente o shampoo até retirar por completo o produto.
A prova de que ele ajuda muito a crescer é o desafio de uma vlogueira americana, a Sunshyne, que fez o "Desafio do Óleo de Rícino"... Abaixo a foto da diferença do cabelo dela durante os meses.

No canal dela no Youtube, vocês podem acompanhar todo o desafio, confiram o canal dela clicando AQUI.

 

Luzes em cabelo com excesso de tintura (Passo a passo)

Oi Meninas,
Está minha cliente, sempre pintou os cabelos de vermelho e de uns tempos pra cá ela vem pintando de castanho, pra começar a ficar loira.  Este é um cabelo difícil e resistente para ficar loiro, por conta do excesso de tintura.

Eu expliquei direitinho quais eram os riscos e as cores que o cabelo dela poderia atingir, fazer luzes em cabelos com tinturas resseca e danifica muito os fios, o que deixa os fios porosos e quebradiço. Após o procedimento o cabelo precisa receber um tratamento pesado, para recuperar os fios danificados.
luzes em cabelos pretos
Passo a Passo :
Luzes em cabelos escuros-Penteie todo cabelo para trás, coloque a touca de silicone.
-Puxe os fios em todos os buraquinhos da touca em uma espessura média.
luzes em cabelos vermelhos-No Lavatório aplique pó descolorante com oxigenada de 10 volume, em todo comprimento que tem excesso de tintura, deixe agir por 15 minutos.
-Após retirar o produto, secar com o secador. O tom vai ficar avermelhado por conta das tinturas vermelhas.
-Aplique pó descolorante com oxigenada de 40 volume, em todo comprimento avermelhado, coloque enrole papel laminado nas mechas e deixe agir por 20 minutos.
como fazer luzes em cabelos com tinturas-Após os 20 minutos, ir retirando os papeis laminados, conforme for clareando.
-Aplique pó descolorante com oxigenada de 40 volume em toda raiz e deixe agir por 30 minutos.
-Após os 30 minutos lavar e hidratar os fios no lavatório. Secar e aplicar novamente o pó descolorante com oxigenada de 40 volume em todo cabelo e deixar agir por mais 20 minutos.
IMG_1426
-O tom mais claro que consegui chegar foi este da foto acima, no próprio lavatório com os cabelos úmidos aplicar a tintura perola (989) da Itallian Sopremo e deixar agir por  5  minutos a olho. Para potencializar o clareamento use shampoo e condicionador Matizante da Itallian Color.

Obs: O tempo de pausa de cada aplicação depende de cada tipo de cabelo e quais químicas ele tem, o tempo de pausa varia de cabelo para cabelo. O tempo que citei aqui foi o tempo necessário que eu precisei pra clarear os fios uniformemente deste cabelo. Jamais façam isso em casa, procure um profissional capacitado para esse tipo de procedimento…
como clarear um cabelo escuro

 AMEI O RESULTADO E VOÇÊS?

 

Como fazer luzes e clarear as pontas no mesmo dia

Oi Meninas,

Hoje vim com uma passo a passo simples e muito pratico pra quem deseja fazer luzes e clarear as pontas no mesmo dia. Mas antes de tudo verifique se o cabelo está saudável e que aguentará todo o procedimento.
como clarear as pontas do cabeloPenteie todo cabelo para trás, coloque a touca de silicone.
Puxe os fios em todos os buraquinhos da touca em uma espessura fina ou média.
Aplique o pó descolorante com oxigenada de 40 volume, sempre começando pela nuca da raiz as pontas o mais rápido possível.
- Com o cabelo que sobrar sem puxar na touca, estipula até altura que a cliente quer  clarear.
Divida em mechas finas, coloque o papel alumínio e aplique o pó descolorante em zig zag ou tipo desenhando um W pra não ficar marcado.
- Pode fazer uma mecha alta e outra baixa, também para não ficar marcado.
- Deixe agir até clarear igual as luzes.

Como tonalizar os fios:
No próprio lavatório com os cabelos úmidos aplicar a tintura perola (989) da Itallian Sopremo e deixar agir de 3 a 5 minutos a olho. Para potencializar o clareamento use o Intensy Color para matizar.
cabelo loiro com as pontas claras
cabelo lorio platinado

Resultado: Magnifico, ficou como a cliente desejava, super loira e com a raiz levemente escura, que não precisará retocar tão rapidamente.

Como fazer luzes champagne

Oi Meninas,

Neste cabelo eu usei o Pó Descolorante Inoar Speed Blonde Antiamarelamento, que infelizmente não me agradou Smiley triste, invés dele tirar o amarelado, ele deixa amarelado, não comprindo com o que promete. E para tirar o amarelado terrível que o pó deixou, usei o Shampoo Cinza Corretivo e Máscara Equalizadora NOVIX, que incrivelmente melhorou o tom, deixando sem querer em um loiro champagne.
luzes peroladas1- Aplique o pó descolorante com oxigenada de 40 na raiz, deixei agir por 45 minutos
2- Em seguida aplique no comprimento e pontas por mais 20 minutos
3- Enxague
cabelo loiro perolado4- Aplicar nos cabelos molhados o Shampoo Cinza Corretivo, massageando delicadamente os fios.
5- Deixe agir por 3 minutos e enxágue. Repita a operação se desejar.
6- Aplicar a Máscara Chemical Balance nos cabelos úmidos. Não enxaguar.desamarelador novix7- Use o ar quente do secador para potencializar o efeito desamarelador da máscara sobre os fios. Durante no máximo cinco minutos.
8- Espere esfriar e enxague
9- Resultado maravilhoso! Livre do amarelado

cabelo com luzes champagne
Para finalizar usei a máscara Silicon Mix Bambú que ajudou a selar as cutículas promovendo emoliencia, balanço e sedosidade aos fios.

mechas champagne


Como tirar o alaranjado do cabelo

Oi Meninas,
Existe inúmeras maneiras de tirar o alaranjado do cabelo e hoje vou mostra um jeito fácil e eficaz que usei no cabelo de uma leitora aqui do blog.
Muitas meninas se jogam nos tonalizantes, desamareladores e matizantes para tentar resolver o problema do cabelo alaranjado, mais infelizmente esses produtos sozinhos não vão resolver.
Para obter um resultado satisfatório, tem que haver algum tipo de descoloração, como, mechas, luzes ou decapagem, se à intensão for de clarear.

como eliminar tons indesejaveis do cabelo
Basicamente é isso: azul anula laranja, verde anula vermelho, violeta anula amarelo (e vice versa).
 Passo a passo simples: 
 
- Puxar de 70% à 80% dos fios na touca de silicone
- Aplicar pó descolorante com oxigenada de 40 volume
- Deixar agir até atingir um tom de loiro palha
- Tonalizar o cabelo todo com  Keraton prata + creme branco, por uns 5 minutos (azul)
- Matizar o cabelo todo com Intensy Color por 10 minutos ou mais (violeta)

Obs: Usei o 1 Azul para neutralizar o laranja que sobrou fora da touca e 2 Violeta para neutralizar o amarelo da descoloração.


como tirar o laranja do cabeloSe a cliente quiser escurecer, indico usar a tintura 6.1 loiro escuro acinzentado ou 5.1 castanho claro acinzentado.

Produtos usados: 
Adquira aqui o seu Intensy Color: www.vitrinejovem.com.br

E aí meninas, gostaram do resultado final? 

 

Banho de lua _5 receitas para clarear os pelos naturalmente

 
Clarear os pelos indesejados sem produtos químicos ou corantes especiais! Como? Usando ingredientes naturais que você já tem em sua cozinha ou despensa! Agora, eu sei que essas técnicas de clareamento pode parecer muito estranho e quase loucas, bom para ser verdade, mas antes vou dar uma chance antes de você decidir para depilação! Interessado? Bem, aqui estão algumas receitas legais:
 

 
1.  SUCO DE LIMÃO E MEL
 
Misture suco de limão com mel até obter uma pasta que você vai aplicar na área que você deseja clarear e deixe agir durante os próximos 20 minutos. Tenho certeza que você já sabia sobre os efeitos de branqueamento de suco de limão certo? Bem, agora você sabe que ele pode ajudá-lo a clarear os pêlos indesejados também! Esta grande máscara não vai picar ou causar uma erupção cutânea que significa que você pode repeti-lo quantas vezes você quiser!
 
 

2. MÁSCARA DE TOMATE

 
Quer interessantes, mais naturais técnicas de clareamento de pêlos?! Tudo que você precisa fazer é aplicar fatias de tomate por toda a área que deseja clarear e deixá-los por cerca de 5 a 10 minutos. Tenha em mente que o efeito desta técnica depende da cor do pelo, o que significa que o cabelo mais escuro pode requerer 2 a 3 aplicações.
 
 

3. SOL

 
Raios solares também pode ajudá-lo a lidar com o seu pelo não desejado e que a melhor coisa sobre ele é que você não tem que se colocar em risco a todos! Basta aplicar um FPS alto ou mesmo um bloqueio total e aproveitar o calor do sol e as propriedades de clareamento dos pelos, sem quaisquer efeitos negativos! Você pode fazê-lo no conforto da sua própria casa (ou varanda, para ser preciso), ir a piscina ou a praia por perto a escolha é toda sua! Você pode até mesmo perceber que a depilação que você costumava praticar em determinadas áreas (como a parte inferior das costas, barriga e braços) tornou-se completamente desnecessário!
 
 

4. MAMÃO PAPAIA E LEITE

 
Aqui está outro produto caseiro legal que irá clarear os pêlos indesejados e hidratar a pele como um bônus! Tudo que você tem a fazer é misturar a polpa de mamão, adicione o leite a ela e use esta pasta para massagear seu rosto (ou de qualquer outra área que você quer clarear e hidratar). Sua massagem deve ser feita em movimentos circulares suaves e duram cerca de 10 minutos depois que você vai deixar a máscara descansar por mais 10 minutos antes de enxaguar.
 
 

5. LIMÃO E IOGURTE

 
O último na minha lista de misturas naturais que poderiam ajudá-lo a clarear os pêlos indesejáveis ​​ésimples, você vai ter pela mistura de cascas de laranja secas e em pó, algumas gotas de limão e iogurte. Aplique esta mistura sobre a área que você gostaria de clarear, então deixe agir ao longo dos próximos 15 a 20 minutos. Enxague e repita no dia seguinte no caso de você sentir que seus pelos facial poderia ser apenas um pouquinho mais leve.
 
 
Alguma vez você já usou alguma dessas receitas para clarear os pêlos indesejados e que uma dessas técnicas de clareamento de pelos
 que você está pensando em usar? Não se esqueça de fazer um teste de toque  antes e deixe-me saber como ele saiu, é claro!
 
 
 
 
 
 
 

5 receitas naturais para obter a cor desejada de seus cabelos

Receitas naturais podem ajudar você a obter o tom desejado, sem o uso de produtos químicos, o que torna absolutamente perfeito para todas as mulheres interessadas em produtos naturais que não causam danos ao cabelo, a saúde ou o ambiente. Um corante de ervas, é claro, não é tão potente como um real, mas condições de cabelo bem e podem ser aplicadas a cada dia até que uma cor desejada é atingida! Isso não parece bom? Bem, aqui estão algumas receitas naturais para você experimentar:


 




1. CORANTE NATURAL PARA O CABELO ESCURO
 
SE A COR MARROM OU QUASE PRETO PASSA A SER A SUA COR DESEJADA, VOCÊ VAI OBTÊ-LO ATRAVÉS DA MISTURA DE UMA RECEITA DE CORANTE NATURAL DE CAFÉ OU CHÁ PRETO. BASTA PREPARAR ALGUMAS XÍCARAS DE QUALQUER UM DESSES LÍQUIDOS (PREPARAR UMA POÇÃO FORTE), DEIXE ESFRIAR, EM SEGUIDA, DESPEJE SOBRE O CABELO LIMPO, CUBRA COM UMA TOUCA DE BANHO E DEIXE DESCANSAR POR CERCA DE 20 A 30 MINUTOS. REPITA O PROCESSO DUAS VEZES POR SEMANA ATÉ OBTER O TOM DESEJADO, EM SEGUIDA, ACOMPANHAR A CADA SEMANA OU DUAS PARA CHEGAR A COR DESEJADA.
  

2. RECEITA NATURAL PARA 

CLAREAR OS CABELOS

 
CLAREAR O CABELO NATURALMENTE É UM PROCESSO MUITO LENTO PARA EXPERIMENTÁ-LO APENAS A PACIÊNCIA É UMA DE SUAS VIRTUDES E SE VOCÊ TEM CABELOS CLAROS, PARA COMEÇAR. EU NÃO ESTOU TENTANDO DESENCORAJÁ-LO, É CLARO, MAS VOCÊ DEVE SABER QUE NÃO HÁ NENHUMA TINTURA DE CABELO NATURAL, CAPAZ DE FAZER O SEU MARROM ESCURO OU PRETO CLAREAR DE UMA HORA PARA OUTRA. OK, ENTÃO AGORA É HORA DE SE CONCENTRAR EM MISTURAR UMA MISTURA QUE PODE DAR A TODOS VOCÊS UM RESULTADO SATISFATÓRIO. BASTA MISTURAR UM COPO DE SUCO DE LIMÃO ESPREMIDO NA HORA, COM TRÊS XÍCARAS DE CHÁ DE CAMOMILA, MOLHE SEU CABELO COM ESTA MISTURA, DEIXE SECAR NO SOL, EM SEGUIDA, LAVE E CONDICIONE BEM. REPITA 2 A 3 VEZES POR SEMANA PARA MELHORES RESULTADOS.
 

3. CORANTE NATURAL PARA O 

CABELO VERMELHO

 
SE VOCÊ JÁ TEM O CABELO VERMELHO OU VOCÊ GOSTARIA QUE ELE FICASSE AINDA MAIS VERMELHO, HIBISCUS OU ROSEIRA BRAVA SÃO AS ERVAS PARA VOCÊ! DECIDA QUAL DELES VOCÊ DESEJA USAR E FERVA  UMA XÍCARA DE ROSEIRA BRAVA OU TRÊS SACOS DE CHÁ DE HIBISCUS EM DOIS COPOS DE ÁGUA, DEIXE A MISTURA ESFRIAR, EM SEGUIDA, PASSE NOS CABELOS MASSAGEANDO BEM EM SEU CABELO. ESTE CORANTE NATURAL FUNCIONA MELHOR SE VOCÊ NÃO LAVAR E ACONSELHO A APLICÁ-LO DUAS OU TRÊS VEZES POR SEMANA.
 

4. CORANTE NATURAL PARA 

CABELOS GRISALHOS

 
HÁ UM MONTE DE COISAS MARAVILHOSAS, TOTALMENTE NATURAL, QUE VOCÊ PODE USAR PARA COBRIR OS BRANCOS OU DAR O SEU CABELO UM DESTAQUE MAIS ESCURO.OBTENHA ALGUMA CASCA DE ÁRVORE DE CEREJA E FOLHAS DE CHÁ PRETO E MISTURE-OS JUNTOS ATÉ OBTER UM LÍQUIDO MUITO ESCURO, MUITO FORTE. NÃO SE PREOCUPE - VOCÊ NÃO VAI ESTAR BEBENDO, MAS APLICÁ-LO PARA O SEU CABELO EM VEZ DISSO! MASSAGEIE EM SEUS CABELOS OU FAÇA SEÇÕES INDIVIDUAIS E NÃO ENXÁGUE.REPITA O PROCESSO QUANTAS VEZES FOR POSSÍVEL (MESMO TODOS OS DIAS) ATÉ CHEGAR AO TOM DESEJADO, DEPOIS, APLICAR 1 VEZ NA SEMANA PARA A MANUTENÇÃO DA COR.
 

5. SÁLVIA E ALECRIM PARA MANTER 

A COR NATURAL

 ESTA RECEITA É BEM FÁCIL DE FAZER E QUE CABE SEM SEU ORÇAMENTO. OCORANTE NATURAL VAI AJUDAR A RESTAURAR A SUA COR NATURAL DO CABELO E, LITERALMENTE, TIRAR OS BRANCOS INDESEJADOS! TUDO QUE VOCÊ TEM A FAZER É PREPARAR UMA FORTE SÁLVIA E CHÁ DE ALECRIM QUE VOCÊ IRÁ USAR EM SEUS CABELOS TODOS OS DIAS. PASSE O LÍQUIDO OU MASSAGEIE COM OS DEDOS, NÃO ENXÁGUE.
 

 

Como alisar o cabelo com leite e maizena


O tratamento caseiro com leite e maisena é indicado para pessoas que tenham os cabelos finos, lisos, ondulados e levemente cacheados. Essa é uma maneira totalmente natural de hidratá-los e deixar mais bonitos. Para fazer o tratamento em casa você vai precisar:





Ingredientes:


01 copo de leite integral
01 colher (sopa) de maizena

Preparação:

Misture todos os ingredientes em uma vasilha de plastico e mexa bem ate dissolvê-los sem levar ao fogo.


Modo de uso:

Com os cabelos secos e limpos aplique a mistura, com um pente vá penteando ate que o cabelo fique com o aspecto duro e seco. Deixe o produto agir no cabelo cerca de 50 min á 1 hora nao prenda o cabelo, pois se você o prender ele marca daí não vai ficar totalmente lisinho.

Se preferir use o secador e depois finalize com a chapinha seus cabelos vão ficar super hidratados e sem frizz.

Fica a dica, lembrando que esse tratamento ele ajuda a melhorar a aparência dos fios, mas o recomendado é que você faça essa hidratação pelos menos a cada 15 dias. 
 
 

2. APLICAR CLARAS PARA FAZER SEU CABELO CRESCER MAIS RÁPIDO

Muitas pessoas acredita  que esta dica sobre como fazer seu cabelo crescer mais rápido não funciona bem, mas as claras foram conhecidas por suas propriedades curativas e sua capacidade de repor o cabelo e restaurar sua maciez e brilho! Apenas se abrir alguns ovos, retire as gemas, e faça uma máscara de clara de ovo para o seu cabelo. Seu cabelo vai ficar dez vezes mais saudável instantaneamente e vai se sentir muito mais forte também - o que, em última instância, permitirá que o seu cabelo cresça mais rápido!
 
 
 

Alisando o cabelo com Leite


Esta receita é fácil de se fazer, bem simples mesmo e o resultado é bastante satisfatório, pois o leite possui muito cálcio que potencializa a hidratação dos fios deixando os sedosos, brilhantes e macios, também muito usado em cremes hidratantes para pele, rosto e etc..



Para esse procedimento você vai precisar:

1/2 xícara de leite

1 pente largo
1 esborrifador ( aplicador com spray)


Modo de preparo:

Esborrife nos cabelos secos e logo após penteie deixe agir cerca de 20 minutinhos enxague como de costume, se preferir use o secador e finalize com a chapinha, pois ajuda ainda mais potencializar o efeito liso no cabelo.


É aconselhável que esborrife o leite nos cabelos secos, pois se você usa-lo após banho vai ficar com cheirinho bem desagradável, deve-se repetir esse procedimento pelo menos 2 vezes na semana depois você vai diminuindo o tempo de 15 em 15 dias, pois este procedimento dura somente até a próxima lavagem.   
 
 
 
 
 

 

Como neutralizar reflexos indesejados nos cabelos

O loiro está amarelo demais? Deseja tirar o avermelhado dos cabelos? Saiba que é possível neutralizar e corrigir reflexos indesejados tendo como base a Teoria das Cores.

Se você não fugiu das aulas de artes na escola (eram minha preferidas), lembra pelo menos alguma coisa sobre o assunto, certo? A parte que interessa agora são as Cores Opostas. Já expliquei um pouco sobre isto num post sobre roupas - sim, tem tudo a ver - mas aqui vou análisa-las do ponto de vista “cabelístico”.

gostei-e-agora-neutralizar-corrigir-reflexos-cabelos-cores-opostas

Basicamente é isso: azul anula laranja, verde anula vermelho, violeta anula amarelo (e vice versa). Basicamentemesmo, pois na vida real é tudo mais complexo. Ninguém tem um cabelo completamente verde ou laranja (ops, eu tenho – hahaha), mas são os reflexos nestas tonalidades (sozinhos ou misturados), unidos a uma cor de base natural que formam as centenas de nuances capilares que conhecemos. Tudo isso está explicadinho nesta matéria aqui (aconselho MESMO que leiam antes de seguir).

Mas como funciona na prática?

Você já brincou com tinta guache? Toda vez que começava a misturar muitos tons diferentes, resultava num marrom indefinido e sem graça, não era? Pois é… aqui esse marrom sem graça é bem visto, pois significa que qualquer tonalidade sobressalente foi neutralizada (provavelmente devido à escolha aleatória de cores opostas). Os tons naturais de cabelo são nada mais que variantes de marrom (do bege claro ao marrom mega escuro).

Como neutralizar reflexos amarelos em cabelos loiros?

De acordo com o que mostrei acima, para anular o amarelo dos cabelos, é só utilizar produtos com reflexos violeta. Podem ser tinturas (geralmente, com final .2), shampoos e máscaras desamareladoras (por isso que elas são roxas!).

gostei-e-agora-neutralizar-corrigir-reflexos-cabelos-amarelo-violeta

CUIDADO: Se o produto for muito concentrado (ou ficar mais tempo do que o necessário nos fios), corre-se o risco não só de anular o amarelo, mas de se tingir o cabelo de lilás (se isso ocorrer, não se desespere – irá desbotar). Por isso, o aconselhável é sempre tentar obter o resultado com a menor concentração de pigmentos possível.

Como clarear/descolorir sem ficar laranja?

Já repararam que os cabeleireiros sempre preferem usar o “pó azul” na hora de descolorir os fios de suas clientes?É porque o azul é a cor oposta ao laranja (reflexo frequentemente obtido ao se clarear cabelos muito escuros).

Para aquelas sortudas que conseguem clarear suficientemente o cabelo só com tinta, a dica é usar sempre tonalidades com final .1 (acinzentado/azulado), para obter um resultado mais bonito e natural. Eu usava a Majiblond 901S e o conteúdo dela era praticamente azul!

gostei-e-agora-neutralizar-corrigir-reflexos-descolorir-clarear-laranja-azul

CUIDADO: Como já expliquei aqui (num post exclusivo sobre descoloração), não adianta nada querer clarear cabelos muitos escuros com tinturas acinzentadas, pois o que define o grau de clareamento atingido na hora de clarear os fios é a cor natural dos mesmos. Se o produto só conseguir atingir um estágio no qual o cabelo ainda está muito laranja, a tintura pode até ajudar a amenizar o reflexo, mas não vai resolver totalmente o problema nem tornar o cabelo “platinado”.

 

Sou ruiva acobreada e quero voltar ao castanho. E agora?

Do mesmo modo que no caso acima, o pigmento azul ajuda a anular o cobre (laranja) dos fios. Portanto, escolha uma tintura castanha, um tom mais claro que sua cor natural, com final .1 (acinzentado/azulado).

gostei-e-agora-neutralizar-corrigir-reflexos-tirar-ruivo

ATENÇÃO: Colorações em tons claros não tem o poder de “cobrir” o ruivo. Se desejar partir dele ao loiro (mesmo que seja escuro), o melhor a fazer é procurar um profissional, pois é necessário “limpar” o tom do seu cabelo antes de prosseguir (o que demanda processos mais agressivos).

 

Tenho cabelo vermelho e quero voltar ao castanho. E agora?

Neste caso, utilize tintas com reflexo mate (verde). A numeração deste reflexo não é padronizada pela maioria das marcas, portanto, para evitar confusões, confira o nome da nuance antes de usar.

Usando corretores

gostei-e-agora-corretores-neutralizadores-mix-tintas

Diversas marcas trabalham com corretores e intensificadores (muitas vezes chamados de mix), que sãopigmentos puros e altamente concentrados, soltos, não atrelados a nenhuma cor de base. Não funcionam como uma coloração normal (o cabelo não fica daquela cor), servem somente para corrigir e dar reflexos as nuances normais de cada linha.

Eles podem ser extremamente úteis no caso de você não encontrar a coloração procurada na tonalidade desejada.Se quiser, por exemplo, simular uma tintura castanho claro acinzentado (que seria 5.1), compre a cor de base natural (5.0) e misture o mix azulado (acinzentado) nas proporções recomendadas pelo fabricante.

Outro jeito de utilizá-los é criando seu próprio shampoo ou máscara anuladora de reflexos. Caso opte pela máscara, basta misturar o corretor num creme branco, na proporção de 1:5. A receita do shampoo envolve adicionar, num recipiente, 15 ml do produto na cor branca, junto com 5 ml de oxigenada de 10 volumes e um fiozinho de 1 cm de corretor. Misture tudo e aplique no cabelo previamente lavado (ainda molhado). Massageie as mechas e observe a cor dos cabelos, para identificar a hora certa de enxaguar. Não deixe de maneira alguma mais do que 10 min..

“Como sempre repito em todos posts sobre tingimento de cabelos, o mais prudente é procurar um colorista para realizar esses procedimentos. Porém, sei muito bem que existe muita gente destemida neste quesito (como eu), que não resiste em aprontar suas peripécias em casa! O meu melhor conselho é: vá com calma, hehehe!”   

 

 

 

 

 

 

Tinturas para Cabelos: Clareando e Escurecendo!

Andei escrevendo sobre o mundo das colorações e resolvi dar sequência ao assunto. Já postei sobre anumeração das tintascabelos vermelhos e também sobre como cheguei ao meu ruivo ideal. Dessa vez o tema será bem abrangente: o clareamento (e escurecimento) dos fios!

 

(Do Castanho ao Platinado – Dez/2009 a Abr/2012)

Acredite, não é tão simples quanto parece… quem nunca tentou (ou conhece alguém que tentou) ficar loira da noite para o dia e acabou com uma cabeleira laranja de mico leão dourado? Ou foi escurecer um pouquinho o cabelo e ganhou a aparência de uma “peruca preta” na cabeça?

Não é a toa que isso acontece... Existem muitas variáveis que influenciam profundamente no resultado. As principais são:

  • Cor natural dos cabelos;
  • Se ele está natural (virgem) ou colorido;
  • Potência do produto utilizado;
  • Tempo de permanência nos fios;

Os descolorantes removem os pigmentos naturais presentes no cabelo. As tinturas removem uma parte deles, para substitui-la por pigmentos artificiais. Cabelos virgens podem ser clareados em até 3 tons só com tintura(dependendo da volumagem da OX utilizada). Se o clareamento desejado for superior a isto, será necessário o uso de descolorante (que “abre”, em média, 5 tons).

As colorações não tem o poder de alterar pigmentos depositados artificialmenteTinta não clareia tinta! E o processo de “descoloração” de cabelos tingidos tem outro nome: decapagem (feita com produtos exclusivos para tal fim). Primeiro é preciso retirar os pigmentos artificiais dos fios, com decapantes, para aí sim prosseguir com o clareamento.

Em cabelos naturais, é possível ir de um tom na altura do Castanho Médio (4.0) para um na altura do Loiro Médio (7.0), somente utilizando coloração. Mas se desejar ir do mesmo Castanho Médio (4.0), para um Loiro Claríssimo (10.0), será necessário utilizar descolorante. (Isso não só para mudança do castanho para o loiro – vale também para ir do castanho ao ruivo, pois as tonalidades acobreadas mais naturais geralmente ficam entre a altura do 6.0 e 8.0 – o ruivo é um reflexo, não uma cor de base).

Existem produtos hiper potentes, que clareiam até 7 tons de uma única vez. Mas CUIDADO! Para se conseguir esse resultado, além de uma volumagem de oxigenada mais elevada, geralmente é necessário deixar o descolorante agindo por mais tempo nos fios. E vocês sabem no que isso pode dar, né? Fio elástico e totalmente detonado!

Para se alcançar tonalidades bem claras em cabelos muito escuros, é recomendada a execução de leves descolorações espaçadas, sempre com uma boa reconstrução/hidratação entre cada uma delas. A pressa realmente é a pior amiga da perfeição nessa hora! Seguindo a mesma linha, é por este motivo que se recomenda fazer luzes (e outros procedimentos similares) aos poucos, ao invés de mudar radicalmente a cor de todos os fios num único passoGradativamente (e com paciência) há bem menos dano!


Hmmmmm… isso depende da cor natural do seu cabelinho. Os mais escuros possuem fundo avermelhado. Os mais claros, amarelado (veja na tabela abaixo). A maioria das brasileiras (por mais loira natural que seja) tem o fundo de descoloração de vermelho a laranja amarelado (vamos ser sinceras – não estamos na Dinamarca e loiro “branco” natural aqui é raridade, hehehe!).

Antes de chegar ao platinado, os fios precisam passar por toooodo esse processo. Os mais escuros, antes de alcançarem loiro digno, ficam avermelhados, laranjas, amarelados… e por aí vai! A partir do amarelo médio, o loiro já começa a ficar ok (e a ganhar nome: ouro, trigo, champagne e etc)! Mas se algo interromper esse processo(quantidade de produto insuficiente, tempo de ação curto, volumagem inadequada de oxidante e etc), o cabelo pode “parar” no vermelho ou no laranja mesmo! E isso é o que ninguém quer!

 

Até pouco tempo, eu usava os fios claríssimos. Mas, no meu caso, que tenho o cabelo natural num tom na altura do loiro escuro (castanho bem clarinho), era mais fácil, pois o processo de despigmentação já estava com “meio caminho andado”. Partia de um fundo alaranjado e ia direto para o amarelão, pulando a etapa do vermelho.Obviamente, quanto mais claro o cabelo, mais fácil de se atingir um “loiro branco”.

Muitas meninas que tentam ficar loironas em casa, com tintura de caixinha, acabam com as madeixas amarelo-ovo… é justamente por causa do fundo de descoloração! As tintas de farmácia, no geral, só têm o poder de clarear 3 tons. Como a maioria das brasileiras é “castanha”, o máximo que conseguem com isso é o típico cor de laranja… Se isso acontecer, a solução é abrir o tom com luzes (para dar uma escondida no amarelado sem ter que descolorir o cabelo inteiro de uma vez).

Vale a pena dizer que existem colorações profissionais ultraclareadoras (como a Majiblond) que tem o poder de clarear até 5 tons, sozinhas. Era o que eu usava para ficar platinada!

Ah! Claro que é possível atenuar reflexos indesejados com a utilização de nuances opostas, para neutralizá-los(no caso do amarelo, reflexo roxo/irisado e no caso do laranja, reflexos azulados/acinzentado).  Já repararam que os melhores pós descolorantes são azuis/violetas? Mas se o cabelo não atingiu o grau de clareamento suficiente, não há milagre que o salve! Tem que completar o processo de descoloração (mesmo que for em outro dia ou etapa).

Levando-se em conta tudo que acabei de falar sobre descoloração, escurecer os fios é mais fácil que tirar doce de boca de criança! É possível, em quantos tons você desejar, mesmo que eles estejam tingidos ou descoloridos.Para isso, basta usar a tintura da cor escolhida!

Mas não se guie pela tonalidade mostrada na caixinha… genteeee, no mundo das tinturas castanho médio é “preto”, tá? A nomenclatura das marcas não é muito fiel ao que estamos acostumadas na hora de definir os tons…tudo sempre fica mais escuro do que parece ser! Loiro escuro é castanho claro/médio, castanho claro é castanho escuro e por aí vai… Então, procure escolher um tom mais claro do que o pretendido, só para evitar o susto. Se ainda ficar claro, aí sim parta para um mais escuro.

Tenha sempre em mente: escurecer é fácil, difícil é clarear (ainda mais se estiver tingido!).

Mas existe um particularidade, caso os cabelos estejam muito claros: é preciso ficar atenta ao reflexo da tinta utilizada! Aplicar uma tinta acinzentada (azulada) ou mate (esverdeada) sobre platinados pode resultar em fios “chumbados” ou até verdes, pois o reflexo dessas nuances ficaria mais evidente na base clara, principalmente se for platinada. (Contei um pouquinho mais sobre o processo de escurecimento de fios platinados quando escrevi sobre minha mudança do loiro para o ruivo acobreado). E, neste caso, a tintura sempre desbota bastante nas primeiras aplicações. Talvez seja preciso repetir o procedimento algumas vezes, durante um certo período, até que a cor realmente fixe nos fios. Ou pode ser que se faça necessária uma Pré -pigmentação.

Deve ser feita quando se escurece fios muito claros e danificados (com tendência a repelir pigmentos) e consiste na criação de uma base para a cor a ser aplicada posteriormenteDevolve aos cabelos os pigmentos removidos com a descoloração e ajuda a fixar a tintura nos fios. Por ser complexa e envolver muitos fatores (como o reflexo atual do cabelo e o fundo da tonalidade desejada) é recomendado ir a um colorista para executá-la.

Uma nuance com fundo quente (avermelhado, acobreado ou dourado), um tom mais claro do que o pretendido, é emulsionada durante 10 min sobre os fios, misturada com OX de 10 vol (na proporção de 1:1). Após o enxágue, aí sim se aplica a normalmente a tonalidade almejada. É possível utilizar a mesma técnica com água morna ao invés de oxigenada. Neste caso, não deve-se enxaguar a tinta da pré-pigmentação. É só aplicar a coloração desejada logo em seguida (por cima do que já está nos fios mesmo) e deixar agir como se não tivesse feito nada de diferente.

A cor usada na pré-pigmentação deve ser selecionada levando-se em conta o fundo da tonalidade pretendida(mostrado na tabela acima) e os reflexos atuais do cabelo. Preto a castanho claro geralmente exige nuances com reflexos avermelhados e acobreados (final 6 ou 4, respectivamente, após o ponto) e de loiro escuro a loiro médio, acobreados e dourados (final 4 ou 3, após o ponto). Dessa maneira, anula-se os reflexos frios e é criada uma plataforma neutra para a coloração posterior. E os fios desbotam bem menos!

Claro que é interessante neutralizar um loiro claríssimo acinzentado com uma tinta acobreada, de acordo com a tabela acima. Se o tom estiver irisado (com toque de violeta/roxo), é melhor usar uma coloração com reflexos amarelos. O mais importante é manter a lógica do quente X frio. (Veja mais sobre o significado da numeração das tintas e seus respectivos reflexos neste post aqui).

Após escolher a coloração ou descolorante da sua preferência, é normal bater aquela dúvida: com que volumagem de oxigenada usá-la? Para tal, tenha em mente o pretendido:

  • 10 Volumes: Para tonalizar os fios ou colori-los sem alterar a altura do tom;
  • 20 Volumes: Para escurecer os fios ou clareá-los de 1 a 2 tons;
  • 30 Volumes: Para clarear os fios de 2 a 3 tons;
  • 40 Volumes: Para clarear os fios de 3 a 4 tons (ideal para platinar);

Admito que nunca usei OX de 40Vol. Tenho medinho… mas conheço muitas meninas loiríssimas que a usam costumeiramente e ainda têm seus cabelos em sua cabeça! Hehehe!

É isso… já “brinquei” bastante com a cor do cabelo. Na verdade, continuo mexendo, gosto muito de variar! De tanto fuçar, acabei pegando um pouco de jeito e descobrindo como as coisas funcionam, por mais que não seja uma profissional da área (e nem chegue perto disso)! Amo muitão!  

 

 

 

 

 

 

 

Cabelos ruivos para negras (sim, senhor!)

A toda hora me questionam se mulheres negras ou de pele bem morena também podem usar o ruivo. Ao contrário do que muitos dizem por ai, é CLARO que podem! É só questão de encontrar a cor que mais complemente sua personalidade e tom de pele.

A seguir, mostrarei várias opções de cabelos ruivos para negras, das mais naturais até as mais exóticas. É só escolher!

O vermelho cereja, profundo e rosado, é minha tonalidade preferida para negras e morenas. A vantagem desse visual não é só esbanjar feminilidade e sair do comum… o tom rosado gera um contraste bem interessante, que não costuma competir com a cor da pele dessas mulheres.

Uma alternativa ao cereja é o borgonha, um pouco mais escuro e puxado para o vinho, com os mesmos benefícios da tonalidade também rosada citada anteriormente. Na minha opinião, é ainda mais elegante. Os experts dizem que, em negras de pele bem escura, o borgonha é mais indicado que o cereja.

Não importa a cor da pele: o vermelho fantasia, vibrante como esses acima, é um tom que só deve ser usado por mulheres de muita personalidade, que procurem conquistar um visual exótico e não têm medo de causar! Como foge totalmente da gama de qualquer pigmentação capilar existente na natureza, a preocupação com a naturalidade não deve nem ser cogitada!

O castanho levemente avermelhado é recomendadíssimo para quem deseja aderir ao ruivo mas não quer realizar uma mudança muito chocante. A tonalidade pode puxar para o cobre ou vermelho rosado, de acordo com o gosto da mulher.gostei-e-agora-ruivo-para-negras-caramelo

Uma possibilidade que já causa um impacto maior sem sair tanto da margem de segurança é o caramelo, uma espécie de loiro escuro apimentado por reflexos acobreados. Como a intensidade desses reflexos é discreta, não há risco da coloração competir com o tom habitualmente já quente da pele dessas mulheres. Funciona bem também em negras de pele mais escura.gostei-e-agora-ruivo-para-negras-dourado-acobreado

Se você já viu uma negra ou morena ruiva (sim, elas existem, com sardinhas e tudo – e não são tão raras o quanto se pensa) irá notar que a cor de cabelo acima normalmente é a que mais se assemelha a delas. Em algumas vezes, o cobre predomina, em outras, o dourado. Portanto, acredito que o dourado acobreado é a nuance mais recomendada para pessoas de pele morena que procurem um ruivo que proporcione uma aparência mais natural. Porém, no caso da pele ser bastante escura, sempre é válido optar por uma tinta com uma quantidade moderada de pigmento cobre em sua composição.gostei-e-agora-ruivo-para-negras-cobre-laranja

Negras e morenas com ruivo laranjinha, naquele estilo bem irlandês? Sim! No entanto, o que pode acontecer às vezes é o conflito de dois tons muito quentes: o da pele e o do cabelo. Dentre as possibilidadas mostradas, é a mais arriscada, mas não é por isso que deva ser desconsiderada. De qualquer maneira, é melhor que o ruivo acobreado escolhido puxe um pouco mais para o vermelho do que para o laranja (e também não seja muito claro ou extremamente aceso).

Qual o seu preferido?  

 

 

 

Os tons variam entre:
 
Natura:
 
1.0 Preto
3.0 Castanha Escuro
4.0 Castanho Médio
5.0 Castanho Claro
6.0 Louro Escuro
7.0 Louro Médio
8.0 Louro Escuro
9.0 Louro Muito Claro
10.0 Louro Claríssimo
 
Acaju:
 
5.5 Castanho Claro Acaju
 
Vermelho:
 
4.66 Castanho Médio Vermelho Intenso
6.66 Louro Escuro Vermelho Intenso
 
Vermelho Irisado:
 
6.62 Louro Escuro Vermelho Irisado
 
Vermelho Especial:
 
33.66 Castanho Escuro Vermelho Intenso Framboesa
55.46 Castanho Claro Cobre Avermelhado Intenso Amora
66.46 Louro Escuro Cobre Avermelhado Intenso Cereja
 
Acinzentado:
 
6.1 Louro Escuro Acinzentado
7.1 Louro Médio Acinzentado
10.1 Louro Claríssimo Acinzentado
 
Dourado:
 
7.3 Louro Médio Dourado
8.3 Louro Claro Dourado
 
Bege:
 
7.31 Louro Médio Dourado Acinzentado
8.31 Louro Claro Dourado Acinzentado
 
Ultra Clareador:
 
900 Louro Ultra Claro Natural
901 Louro Ultra Claro Acinzentado
989 Louro Ultra Claro Pérola
 
Louro Especial:
 
12.0 Louro Claro Natural Especial
12.1 Louro Claro Acinzentado Especial
12.2 Louro Claro Irisado Especial
12.3 Louro Claro Dourado Especial
 
Marrom:
 
4.77 Castanho Médio Marrom Intenso
6.7 Louro Escuro Marrom Chocolate
7.7 Louro Médio Marrom
8.7 Louro Claro Marrom
 
Café:
 
6.14 Louro Escuro Cinza Acobreado
 
Marrom Frio:
 
6.71 Louro Escuro Marrom Acinzentado
7.71 Louro Médio Marrom Acinzentado
 
Marrom Quente:
 
6.73 Louro Escuro Marrom Dourado Tabaco
 
Intensificador Corretor:
 
0.1 Cinza Intensificador
0.2 Violeta Intensificador
0.6 Vermelho Intensificador
 
Cobre:
 
6.4 Louro Escuro Cobre.
 
Violine:
 
5.20 Castanho Claro Violine:
 

 

  • Pretos e castanhos escuros: 1, 2 ou 3
  • Castanho médio: 4
  • Castanho claro: 5
  • Louro escuro: 6
  • Louro médio: 7
  • Louro Claro: 8
  • Louro Muito Claro: 9
  • Louro Claríssimo: 10

Reflexos de Outra Cor

Quando, depois do ponto, vem o número 0, quer dizer que a cor é apenas aquela da base, pura, e os fios não vão obter reflexos de outra cor. Por exemplo: 2.0, que corresponde ao preto natural.

Os demais números após o ponto, correspondem aos reflexos que aparecerão naturalmente ou à luz do sol. Observe:

  • Reflexo Cinza: 1
  • Reflexo Irisado ou Mate: 2
  • Reflexo Dourado: 3
  • Reflexo Acobreado: 4
  • Reflexo Acaju: 5
  • Reflexo Vermelho: 6
  • Reflexo Marrom ou chocolate: 7

Assim, uma tintura 4.6 é castanho médio (cor base) com reflexos vermelhos; 7.1 é louro médio acinzentado e assim por diante.

Reflexo Mais Intenso

Quando esse número após o ponto é dobrado, significa que o reflexo é mais intenso. Por exemplo: a numeração 4.66, que corresponde ao castanho médio avermelhado (com reflexo intenso). Os números depois do ponto podem também ser combinados, como 6.34, que é a cor louro escuro dourado acobreado.

Podem existir dois ou mais números antes do ponto. Isso quer dizer que a cor base já possui efeitos variados, que vão proporcionar aos fios tons diferentes. Por exemplo: 42.5, que é o castanho médio a preto (base) com reflexos acaju. Dizer que é “uma cor a outra” significa que, dependendo o resultado pode variar de acordo com o seu cabelo.

Quanto às colorações correspondentes aos fios ruivos, costuma-se a utilizar a numeração de base louro escuro e associá-la à reflexos como acobreado (4), acaju (5) ou vermelho (6). Exemplo: 6.66 (louro escuro avermelhado intenso) é a cor cereja, que é um vermelho muito intenso.

Pronto. Agora faça a sua escolha! Lembre-se de não fazer mudanças muito radicais em casa, se não tem conhecimento suficiente. Para melhores resultados, é mais aconselhável que você procure um profissional. 

 

 

 

 

 

 

O chamado shampoo “bomba” é uma mistura de vitaminas (monovin A e bepantol) que promete ajudar os fios a crescerem mais rápido, além de deixá-los muito mais brilhantes e saudáveis. É muito simples de fazer, basta você comprar os três ingredientes necessários e misturá-los. Confira como preparar o shampoo em casa e as dicas de uso.

Ingredientes:

Um vidro de shampoo sem sal;
Monovin A;
Bepantol Líquido.

Medidas para a Receita: para o shampoo sem sal deverá ser de 300 ml. Já, para o Monovin A, é importante se utilizar 1 ml de produto para cada 100 ml de shampoo. O Bepantol é importante se utilizar 25 ml. Misture todos os ingredientes dentro do frasco do shampoo mesmo.

Esta mistura de shampoo com Monovin A e Bepantol pode ser usada a cada dois dias no banho. Ela só não é indicada para mulheres que tenho seus fios tratados quimicamente. Este shampoo “bomba” pode ser usado durante até três meses, ininterruptamente. Porém, no quarto mês deve-se usar um shampoo comum e no quinto mês volta-se a usar o shampoo com a mistura de monovin A e bepantol.

Usando o shampoo “bomba”, os seus fios que normalmente podia crescer até 1 cm por mês, agora podem crescer até 4 cm em 30 dias de uso. Portanto, ao final do ciclo de tratamento, que pode durar três meses, você pode ter alcançado um crescimento superior a 10 cm, o que é cerca de um palmo no comprimento dos cabelos.

 

O chamado shampoo “bomba” é uma mistura de vitaminas (monovin A e bepantol) que promete ajudar os fios a crescerem mais rápido, além de deixá-los muito mais brilhantes e saudáveis.  É muito simples de fazer, basta você comprar  os três ingredientes necessários e misturá-los. Confira como preparar o shampoo em casa e as dicas de uso.

Ingredientes:

Um vidro de shampoo sem sal;
Monovin A;
Bepantol Líquido.

Medidas para a Receita: para o shampoo sem sal deverá ser de 300 ml. Já, para o Monovin A, é importante se utilizar 1 ml de produto para cada 100 ml de shampoo. O Bepantol é importante se utilizar 25 ml. Misture todos os ingredientes dentro do frasco do shampoo mesmo.

Esta mistura de shampoo com Monovin A e Bepantol pode ser usada a cada dois dias no banho. Ela só não é indicada para mulheres que tenho seus fios tratados quimicamente. Este shampoo “bomba” pode ser usado durante até três meses, ininterruptamente. Porém, no quarto mês deve-se usar um shampoo comum e no quinto mês volta-se a usar o shampoo com a mistura de monovin A e bepantol.

Usando o shampoo “bomba”, os seus fios que normalmente podia crescer até 1 cm por mês, agora podem crescer até 4 cm em 30 dias de uso. Portanto, ao final do ciclo de tratamento, que pode durar três meses, você pode ter alcançado um crescimento superior a 10 cm, o que é cerca de um palmo no comprimento dos cabelos.